Muitas pessoas têm um armário cheio de roupas, mas são confrontadas com uma luta diária, pois acham que não têm nada para vestir. Se reconhece que está nesta situação, não desespere, pois chegou a altura para pôr mãos à obra e organizar o seu guarda-roupa. O resultado será um armário com menos mas para fazer mais!

 

Conheça as 10 dicas!

 

  1. Comece com um dos espaços e arrume armário por armário. Separe as roupas, calçado e acessórios em 3 grupos. O primeiro grupo contém as peças que ainda usa e que estão em bom estado. O segundo grupo tem peças que precisam de algum arranjo ou reparação; um casaco que precisa de botões novos, uma saia que precisa de ser cortada para estar na moda, etc. No terceiro grupo, coloque as peças que já não precisa ou que estão estragadas. Estas peças podem ser doadas.
  1. De forma a ter uma ideia clara do que consta no seu guarda-roupa, organize as peças por categoria, ou seja, todas as camisas de trabalho juntas, todas as calças, os vestidos, etc. Dentro de cada secção, junte todas as peças da mesma tonalidade e/ou por ocasião. Assim, terá um armário mais organizado que ajuda a criar muito mais combinações com as peças que já tem.
  1. Muitas pessoas guardam roupas que já não vão usar. As razões podem ser várias, mas geralmente o único resultado é ainda mais espaço ocupado por roupa que provavelmente não irá usar mais. O conselho geral é não guardar peças que não usou há mais de 2 anos.
  1. Organize os acessórios (cintos, pulseiras, anéis, etc.), e sapatos de forma lógica e visível; assim obterá muito mais ideias para criar looks Nas lojas que vendem artigos para a casa encontra caixas adequadas e guarda-joias para este efeito.
  1. Verifique também a sua roupa interior e as meias/collants. Deite fora as meias estragadas e roupa interior velha, e renove-as. Organize-as também por item nas suas gavetas. Provavelmente, irá usar mais lingerie de cor de pele e sutiãs lisos para combinar com as peças mais leves e transparentes que se usa no Verão.
  1. Coloque as peças que não vai utilizar nesta estação em caixas bem fechadas, limpas e com um produto de anti-traça.
  1. Se já fez os 6 passos anteriores, a parte mais difícil está completada! Agora, chegou o momento de avaliar se tem as peças cruciais para formar o seu guarda-roupa base. O mito que todas as mulheres precisam de ter um vestido preto ou camisa branca já está ultrapassado! Esta base, ou seja, o conjunto de peças-chave, é diferente de pessoa para pessoa e depende do estilo de vida e dress code no trabalho, gosto pessoal e características físicas. Se o seu trabalho exige roupas formais, terá que se focar na qualidade dos seus blazers, calças e/ou saias, camisas ou tops de qualidade. Se veste os seus jeans e outras roupas mais casual a maior parte do tempo, estas formam a base do seu guarda-roupa e terá que verificar se tem peças suficientes desta categoria.
  1. Para actualizar o seu guarda-roupa para a nova estação, não precisa de muitas peças novas. Consulte os catálogos, lojas (online) para se inspirar e ver o que pode fazer com a roupa que já tem. Investir numa cor que actualmente está na moda, comprar um acessório novo ou um par de sapatos da estação dão logo um impacto grande no seu look.
  1. As cores mais suaves e frias, como o cinza claro, azul claro e rosas marcam as tendências desta Primavera/Verão, que são ideais para quem é loira e que tem uma coloração mais fria (olhos azuis, pele branca ou rosada). Para as morenas e para quem tem uma coloração quente (cabelo cobreado, visual mais dourado) também há uma oferta de cores lindíssima, por exemplo, o azul-escuro, laranja, amarelo e verde-esmeralda são cores de excelência para si. Pode usar estas cores mais chamativas em acessórios e assim dar um toque surpreendente ao seu look.
  1. Se não tem tempo de manhã para pensar em combinações diferentes que pode fazer com as suas roupas, reserve um momento livre no fim-de-semana e faça combinações com as peças que não costuma juntar. Tire fotografias e guarde-as para se inspirar.

Vai ver que, afinal, tem um armário cheio de peças para fazer inúmeras combinações!

 

Artigo publicado na Zen Energy Nº76 (edição de Maio de 2015)