Ritual de transmutação

Partilho um pequeno exercício de imaginação que funcionará como um ritual de transmutação.

Em primeiro lugar…

Sente-se numa posição confortável, feche os olhos e relaxe. Faça algumas respirações profundas, até sentir que está num estado de descontração.

De seguida…

Imagine que está num local sereno, onde existe um fogo sagrado depurador. Pense em todas as emoções que precisa de libertar, em tudo aquilo que o incomoda e/ou causa desconforto, e imagine que está a colocar cada um desses sentimentos que não deseja mais sentir nem carregar nesse imenso fogo transformador.

Imagine que cada uma dessas emoções ou memórias desagradáveis estão a ser transmutadas. Permaneça algum tempo, deixando que a sua mente lhe mostre tudo o que precisa de ser eliminado e tudo o que você não quer carregar.

Para terminar…

Mantendo esta sensação de pureza e bem-estar, sinta-se regressar ao seu corpo; faça três respirações profundas e abra os olhos.

Sinta o alívio interior e a libertação que este ritual de transmutação provoca em si. Aquele fogo é simbólico, mas terá um papel transformador em si. Ao colocar nele as emoções indesejáveis, será como o alquimista que neutraliza emoções negativas. Ao livrar-se de emoções que o perturbavam, está a abrir um novo espaço em si, para que a paz e a alegria possam estar de novo presentes na sua vida. Assim, transforma as emoções carregadas de energia negativa em energia positiva.

Poderá sentir tristeza depois de participar neste ritual. Deixe essa tristeza sair e ir-se embora. É como se ela estivesse a despedir-se de si. Afinal, quantos anos permaneceram juntos?
Reconheça a importância que esses sentimentos tiveram na sua vida, a forma como o acompanharam em tantos momentos, mas agora é tempo de os libertar e de os eliminar definitivamente da sua experiência. Poderá igualmente sentir-se mais leve, alegre e feliz. Afinal, acabou de se libertar de um peso que carregava há muito tempo. Faça alguma coisa especial para celebrar
esse momento.

Se achar mais eficaz…

Crie você mesmo um pequeno fogo, num lugar seguro e anote tudo aquilo de que quer
libertar-se num papel. Em seguida, coloque esse papel no fogo e veja-o arder
e transmutar-se. Depois de o fogo estar extinto, feche os olhos e continue este exercício mentalmente. Se vierem à sua mente mais imagens para libertar, dirija-as mentalmente para esse fogo sagrado e imagine que estas são consumidas pelas chamas;
veja-as a serem purificadas. Diga mentalmente:

o”Estou a libertar-me de toda a dor, mágoa e tristeza que bloqueavam a minha felicidade.”

o”Estou a perdoar e a esquecer definitivamente todas as situações e/ou pessoas que me magoaram. Liberto-as da minha experiência e sinto-me totalmente em paz com isso.”

o”Estou a libertar a mágoa que a traição me causou. Isso faz parte do passado e aí ficará para sempre. Agora, abro espaço para a confiança e sei que, com esta minha nova visão da vida, estou a atrair boas qualidades.”

o”Liberto da minha experiência emoções devastadoras que tomaram conta de mim. Não permito mais que esse tipo de sentimentos invadam a minha mente e corroam a minha vida.”

o”Liberto toda a culpa que sinto, relativamente ao meu passado. Substituo a culpa pela aceitação. Aceito-me; perdoo-me e amo-me de forma incondicional.”