O negativo é positivo para si

Os relacionamentos não são fáceis. Isto é um dado adquirido. Porquê? Dentro daquilo que aprendemos com Yoga e Meditação, deveriam ser! Simples, leves… Mas se nós não estamos simples nem leves, então as
nossas relações também não o poderão ser.

É a tal história de sempre. Para amares alguém precisas primeiro de te amar a ti mesmo. Mas isto é dito mil vezes, e achamos que ouvimos e percebemos, até que… O Universo nos diz que não ouvimos assim tão bem e nos confronta com o nosso maior medo ou o nosso maior defeito, quando confrontados com o outro com quem nos relacionamos.

O Universo

“conspira”

Tudo tem uma altura de acontecer e um motivo para acontecer. Um amigo que nos desilude, uma relação no trabalho que corre menos bem, um amor com o qual não conseguimos lidar, porque temos assuntos internos por resolver. No momento em que as coisas acontecem, nada nos parece fazer sentido, tudo é perverso, tudo é incómodo, tudo magoa… e pode continuar a magoar, o tempo que nós permitirmos! Essas emoções carregadas por relações más, com más energias, a longo prazo podem fazer-nos muito mal. De acordo com a emoção, a longo prazo, podem refletir-se numa doença. Tudo para nos tornar alertas.

Muita coisa pode ajudar nesse momento difícil de um relacionamento, seja ele qual for ou com quem for. Quer seja o Yoga, a Meditação, uma terapia holística, ou até mesmo meditar através da arte, encontrando o seu foco na escrita, na pintura, na dança, a cantar, etc., terá de procurar as ferramentas que funcionam para serenar o seu pensamento e focar-se em si, dedicar o seu tempo ao que realmente gosta de fazer e lhe traz paz.

Negativo e Positivo

 A verdade é que os polos atraem-se. No sentido em que negativo atrai positivo. Uma situação negativa pode inclusive transformar toda a nossa vida em algo de profundo e maravilhoso se soubermos canalizá-la nesse sentido!
Depois da resolução do problema ou da situação, e ao analisarmos friamente, e com o incentivo e o foco certo, olhamos para trás, para aquela pessoa que nos fazia tanto mal, e somos até capazes de lhe dizer (nem que seja mentalmente): “Obrigada por teres passado na minha vida! Foste muito importante para mim!” Mas dizê-lo com intenção e gratidão é um trabalho profundo e que leva o seu tempo, mas posso dizê-lo com toda a certeza do Mundo: é um trabalho que vale a pena! Quando esse negativo estiver no local onde deve estar, já fomos capazes de o transformar em positivo. Por isso é que sim, a vida deve ser leve, mas é preciso saber vivê-la.

A atitude que levamos no nosso coração também deve ser de humildade, genuinidade e procura do que é melhor para nós. Se não quisermos crescer e evoluir, ninguém o fará por nós. É preciso força de vontade, desejo de mudança, aceitação. E isso consegue-se. Observe o que o rodeia, com clareza, e seja firme na sua intenção de ser o melhor ser humano que pode ser. Seja grato por cada dia que passa, mesmo que o dia não tenha sido o melhor, foi com certeza o melhor que poderia ser.

Por Ana Raquel Matos

 Instrutora de Yoga

Espaço Yoga, Com Amor

Estúdio de Yoga & Dança

www.yogacomamor.pt

Jornalista