Pois é, só de pensar, assusta! Mesas cheias de comida durante dias. Será que consegue resistir às tentações? E a balança, como vou gerir o peso? Saiba como.

 

Quando pensa em Natal, qual é a imagem que lhe vem logo à cabeça? Rabanadas, peru, sonhos, arroz-doce, borrego. Tanta comida deliciosa.

É uma época complicada para gerirmos o nosso peso. No entanto, já reparou que neste período em que deveremos gastar mais calorias em exercício, as pessoas ausentam-se mais do ginásio, fazem mais exceções, têm mais jantares e festas?

Muitas vezes, comemos o que é mais rápido e começamos a descurar a alimentação um ou dois meses antes das festas. E depois culpamos o Natal pelo aumento de peso. Já tinha pensado nisto?

 

Vamos preparar o Natal em termos de gestão de peso?

Aqui, a lei da matemática é linear. Se se consomem calorias e não se gastam, estas ficam acumuladas no nosso corpo. Não há milagres e não vale a pena fingir que não as consumimos.

Porquê? Porque teremos que colocar na prática a Lei da Compensação. Atenção que não lhe estou a dizer para não fazer exceções, mas sim, para mentalmente gravar todos os alimentos que consumiu e fazer exercício para compensar as calorias ingeridas em excesso. (Ver abaixo ‘Como compensar as calorias das festas?’)

Durante as festas natalícias e de ano novo, a regra não é perder peso, mas sim, MANTER o peso. Porque, mesmo esta tarefa já será difícil de realizar na prática.

 

Regras para compensar as exceções durante a época festiva

Como já foi dito, a regra é compensar as exceções e manter o peso. Deste modo, há simples e pequenas regras que deverá seguir. Vejamos:

  • Faça antecipadamente a ementa de Natal e de ano novo e inclua elementos saudáveis e menos saudáveis. (Ver caixa ‘Receitas Saudáveis’).
  • Restrinja os hidratos de carbono nos dias em que tiver lanches ou jantares pré-Natal e consuma uma sopa antes de ir para as situações festivas.
  • Esconda as guloseimas lá em casa (doces, cereais, pão, barras de cereais). Esqueça que existem.
  • Beba 2 copos de água em jejum e antes de cada refeição principal. Reduz grandemente a sua fome.
  • Intensifique a prática desportiva e reforce a parte cardiovascular. Queime calorias!
  • Compre umas calças justas e use-as como medida do seu peso. Experimente-as semanalmente.
  • Consuma num lanche da tarde, o frito de Natal de que mais gosta (porque estes já estão à venda antes do Natal). Desta forma, quando chegar ao dia 25 de dezembro, a sua vontade por esses doces será muito mais reduzida.
  • Ande sempre com frutos secos na mala, para consumir naqueles dias de stress, em que anda nas compras de Natal.

 

Como compensar as calorias das festas?

Mexa-se, mexa-se e mexa-se o máximo que puder! Aproveite cada momento para se mover e manter o metabolismo mais acelerado.

 

Como gastar energia em pequenos movimentos:

  • Lave a loiça à mão;
  • Faça caminhadas a seguir ao almoço;
  • Passeie o cão ou o gato;
  • Vá ao supermercado sem lista;
  • Lave peças de roupa à mão;
  • Faça as compras de Natal em dias diferentes;
  • Aspire o carro;
  • Aspire o sofá lá de casa;
  • Vá beber o café à pastelaria mais distante de casa;
  • Limpe o pó;
  • Dê banho ao cão ou ao gato;
  • Suba e desça pelo menos duas vezes as escadas do prédio;
  • Dance e brinque com os seus filhos.

 

Por fim…

Fez um grande esforço, foi ao ginásio, fez caminhadas com a vizinha, compensou alguns exageros e, mesmo assim, aumentou de peso? Nada de stress. Calma e relaxe!

A sua tarefa é perder, pelo menos, metade desse peso até ao final do mês de janeiro.

Faça desaparecer todos os restos de comida e de doces lá de casa, vista os corsários e calce os ténis e vá caminhar, correr ou para o ginásio.

Não lamente o que fez, mas atue e fique focado diariamente no objetivo final.

 

Receitas saudáveis

Todos sabemos que os fritos típicos do Natal são ‘engordativos’ e menos saudáveis. E se fizesse a versão de azevias e de sonhos no forno? Mantêm os ingredientes habituais e retira calorias no seu modo de confeção. Afinal, é Natal e merece ser festejado com doces saborosos.

 

  • Azevias no forno

Para: 16 porções

 

Ingredientes da Massa:

  • 1 Embalagem de massa fina para doces e salgados (16 discos) de compra ou 1 embalagem de massa quebrada de compra
  • Água q.b. (para colar as extremidades)
  • 1 gema de ovo (para finalizar)

 

Ingredientes do Recheio:

  • 250 g de Açúcar
  • 100 ml de Água
  • Raspa de 1 limão
  • 350 g de Grão cozido e reduzido a puré
  • 4 Gemas
  • 1 Colher (chá) de canela em pó
  • 1 Colher (chá) de açúcar baunilhado

 

Modo de preparação:

Leve ao lume o açúcar com a água e a raspa do limão e deixe ferver em lume brando durante cerca de 5 a 6 minutos até obter uma calda. Reserve.

Escorra o grão e reduza-o a puré. Adicione as gemas com a canela e o açúcar baunilhado e bata até que fique uma mistura fina e homogénea.

Junte a calda de açúcar reservada em frio e misture com a varinha mágica até estar tudo ligado.
Se necessário, leve o recheio ao lume para engrossar, mexendo sempre para não se pegar. Deixe arrefecer e está pronto para aplicar.

Coloque uma colher de sopa de recheio em cada disco de massa, molhe os extremos com um pouco de água, feche, disponha num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e finalize com a gema de ovo batido.

Caso tenha comprado massa quebrada, com a ajuda de um copo, corte círculos de massa. Recheie, dobre e corte em meias luas.

Leve ao forno pré-aquecido a 200 ºC, cerca de 10 a 12 minutos.

 

  • Sonhos no forno

Para: 10 a 14 porções

 

Ingredientes da Massa:

  • 1 Chávena-almoçadeira de leite magro
  • 1 Chávena-almoçadeira de água
  • 1 Casquinha de limão
  • 1 dl de Azeite
  • 1 Colher (chá) de sal
  • 300 g de Farinha
  • 7 Ovos

Ingredientes da Calda:

  • 150 g de Açúcar
  • 2 Colheres (sopa) de mel
  • 1 dl de Água
  • 1 Casquinha de limão

Modo de preparação:

Leve ao lume o leite, a água, a casca de limão, o azeite e o sal. Deixe ferver, reduza o lume e junte a farinha de uma só vez. Mexa energicamente até formar uma bola que se descole das paredes do tacho. Coloque numa tigela e deixe arrefecer.

Quando se puder amassar, junte os ovos, um de cada vez, amassando continuamente. Bata muito bem a massa.

Ligue o forno no máximo (220 ºC). Coloque uma folha de papel vegetal num tabuleiro e deite colheradas de massa (aproximadamente 1 colher de sopa, distanciadas alguns centímetros). Leve ao forno bem quente, com o tabuleiro a meia altura. Demora cerca de 30 minutos.

Quando começarem a ganhar cor, reduza a temperatura do forno para média, mas não abra o forno no início da cozedura.

Para a calda, misture todos os ingredientes e cozinhe em lume brando. Deixe ferver durante 2 minutos e sirva numa molheira à parte.

Também pode servir os sonhos, polvilhados com açúcar e canela.

 

Artigo publicado na Zen Energy Nº 83 (edição de Dezembro de 2015)