A técnica das 3 agulhas, do professor e investigador Jin Rio, é uma técnica que consiste em utilizar três pontos de acupunctura para tratar uma patologia em particular. Nasceu no Sul da China e, hoje, é muito popular na província de Guangdong. Esta técnica é ensinada na Universidade de Guangzhou, uma das universidades mais antigas da China na história da medicina tradicional chinesa. Esta universidade tem 6 hospitais afiliados e uma área de 400 mil metros quadrados e mais de 770 mil livros nas suas bibliotecas.

 

Foi nesta província que, o já falecido Jin Rio e a sua equipa de trabalho, desenvolveram a técnica das 3 agulhas durante mais de uma década. Apesar da técnica das 3 agulhas ter associado o nome de Jin Rio, não se trata apenas do trabalho deste famoso médico, mas sim o resultado de uma equipa com a sua orientação.

 

Aplicado em diferentes patologias

Tudo começou com um caso muito complexo de um paciente que sofria de rinite alérgica. O caso era grave e persistia já há algum tempo sem que nenhum tratamento de acupunctura o curasse. O professor e investigador, Jin Rio, utilizou a técnica das 3 agulhas e o resultado foi surpreendente. Tão surpreendente que o paciente ficou curado em poucas sessões, o que despertou a curiosidade sobre o trabalho que Jin Rio estava a desenvolver.

Depois deste episódio, a técnica das 3 agulhas começou a ser estudada profundamente. No total, são cerca de 37 conjuntos de pontos que são aplicados em diferentes patologias. Podemos dividir os 37 conjuntos de pontos nos seguintes grupos:

  • Grupo de Pontos da Cabeça.
  • Grupo de Pontos das Costas.
  • Grupo de Pontos dos Membros Superiores.
  • Grupo de Pontos dos Membros Inferiores.
  • Grupo de Pontos do Abdómen.
  • Grupo de Pontos do Foro Interno.

 

Técnica eficaz e com resultados surpreendentes

A técnica das 3 agulhas mostrou que é muito eficaz e com resultados surpreendentes, por vezes superiores aos métodos tradicionais utilizados na acupunctura. Este método original da província de Guangdong é ensinado na Universidade de Guangzhou, onde Jin Rio foi professor e investigador.

A universidade de Guangzhou tem um departamento internacional com professores que ensinam em vários países do Ocidente. Em Portugal, algumas escolas têm protocolo direto com a Universidade de Guangzhou onde leva alunos para poderem estudar diretamente na China e traz professores da Universidade de Guangzhou ao nosso país para ministrarem formação. Com este intercâmbio, tivemos a honra de ter, em Portugal, o Professor Internacional Peng Xu Ming, que foi aluno direto deJin Rio e participou nas suas pesquisas e investigações.

Peng Xu Ming tem ministrado em Portugal, entre outros cursos, a técnica das 3 agulhas e os seus ensinamentos são ensinados na íntegra no plano de formação. Por coincidência do destino ou não, acabei por me cruzar com a técnica das 3 agulhas de Jin Rio. Confesso que foi um método pelo qual me apaixonei. O que me surpreende é que podemos aplicar este método na maioria dos pacientes que nos consultam. A sua aplicação é simples e eficaz. Por vezes, com apenas dois ou três tratamentos o paciente sente melhoras na ordem dos 70%. Há dores que desaparecem de uma sessão para outra, que até parece que ocorreu um pequeno ‘milagre’.

Focar a mente e aumentar a capacidade de memória

Jin Rio e a sua equipa não se dedicaram apenas aos problemas do foro físico. Existem pontos que agem sobre a parte psicológica do paciente. Os 3 Pontos da Inteligência têm por efeito ajudar a focar a mente e aumentar a capacidade de memória e a agilidade mental. Os 3 Pontos para estabilizar o espírito tem como principal função ajudar o paciente a concentrar-se. Este conjunto de pontos é especialmente aplicado com sucesso em crianças com dificuldade na aprendizagem, porque não conseguem concentrar-se. É notável que depois de se aplicar os 3 Pontos para estabilizar o espírito a criança já consegue manter uma conversa fluente e focar nos olhos da pessoa com quem está a conversar.

O mais importante na clínica é que os pacientes se sintam melhores e que o tratamento corresponda às suas expectativas. Se nos consultam é porque depositam em nós a sua confiança e esta deve ser respeitada. É uma grande responsabilidade ser terapeuta, é-nos colocar ao serviço de alguém que tem um problema de saúde que o incomoda e essa pessoa deposita a sua confiança em nós. Por isso é que procuro ter a melhor formação, utilizar métodos que provaram a sua eficácia e tenham uma origem fidedigna.

 

Artigo publicado na Zen Energy Nº77 (edição de Junho de 2015)